Samar - Soluções Ambientais de Araçatuba

Água

Qualidade

Diariamente, a SAMAR coleta e analisa amostras de água para monitorar a rede de distribuição. É realizado um rigoroso controle, efetuando análises bacteriológica e físico-químico da água distribuída para a população. São efetuadas coletas em 473 pontos diferentes da cidade. Em média, são realizadas 1.000 análises mensais.

A SAMAR também realiza coleta e análise da água tratada, de hora em hora, em todas as etapas do processo de tratamento, para assegurar a qualidade da água que chega nas torneiras dos araçatubenses, seguindo o padrão estabelecido pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

A OMS define como água potável aquela que atende às seguintes exigências:

Apresenta aspecto límpido e transparente.

Não apresenta cheiro ou gosto objetáveis.

Não contém nenhum tipo de microrganismo que possa causar doenças no ser humano.

Não contém nenhuma substância em concentrações que possam causar qualquer tipo de dano à saúde do ser humano.

Com base nessa definição, são estabelecidos os padrões de potabilidade para as águas destinadas ao abastecimento humano. No Brasil, os padrões de potabilidade são definidos pelo Ministério da Saúde.

Mensalmente, a SAMAR emite o Relatório de Qualidade da Água em cumprimento ao Decreto nº 5440, de 4 de maio de 2005 que “Estabelece definições e procedimentos sobre o controle de qualidade da água de sistema de abastecimento e institui mecanismos e instrumentos para divulgação de informação ao consumidor sobre a qualidade da água para consumo humano”.

A SAMAR trabalha com os padrões de 0,60mg/l a 0,80mg/l de flúor,  aplica nas ETAs 2,0 mg/l de cloro para que a água chegue na sua casa com 0,50mg/l,  e mantém o PH da água entre 7,5 a 8,5 (base).

Confira no quadro a seguir os dados atualizados sobre a qualidade da água que você recebe em sua casa, a partir dos seguintes parâmetros: cor, turbidez, cloro residual livre, flúor, pH e presença de microorganismos

Parâmetros- Valores Máximos permitidos para a água distribuída

PARÂMETROS VALORES LIMITES*
COR ≤ 15 U.C
TURBIDEZ ≤ 5,0 NTU
CLORO RESIAL LIVRE ≥ 0,2 a 2,0 Mg/L
FLÚOR entre 0,6 a 0,8 Mg/L
PH 6,0 a 9,5
COLIFORMES TOTAIS ausência em no mínimo 95% das amostras
COLIFORMES TERMOTOLERANTES ausência 100%
* Estabelecidos pela portaria 2.914/11 do Ministério da Saúde