GS Inima Samar inicia construção da nova Estação de Tratamento de Água que vai beneficiar mais de 100 mil habitantes

Esta será a quarta estação de tratamento de água de Araçatuba e um dos maiores investimentos em

saneamento da história do município

 

A GS Inima SAMAR, inicia, oficialmente, no dia de hoje, 18 de agosto, as obras da nova Estação de Tratamento de Água do município, a ETA 4. A nova estação, que será construída às margens do Ribeirão Baguaçu, terá investimentos de R$ 34 milhões, um dos maiores da história do saneamento em Araçatuba. A nova unidade terá capacidade de captação de 2.000 m³/h de água (ou dois milhões de litros de água por hora), e substituirá a produção atual das duas estações de tratamento de água - Baguaçu I e II - que atendem 100 mil habitantes, a metade da população de Araçatuba. 

 

A ETA 4, como será chamada, vai operar pelo sistema de tratamento convencional, como é feito nas unidades do complexo Baguaçu. Serão construídos quatro módulos, cada um com capacidade de produção de 500 m3/h, compostos por filtros de tratamentos, floculadores mecanizados, decantadores, e laboratório para análise de amostras e monitoramento da qualidade da água, além de sistema de desaguamento de lodo.

 

“Trata-se de uma unidade com alta tecnologia que terá os processos de produção e distribuição da água totalmente automatizados. Isso significa redução de perdas e maior eficiência energética e operacional.  A ETA 4 terá ainda um auditório que vai permitir, além de outras atividades, ações de Educação Ambiental e programa de visitas e estará preparada para acessibilidade ”, destaca o diretor técnico da GS Inima Samar, Rondinaldo de Lima.   

 

A ETA 4 também terá uma estação geradora de hipoclorito, produzida a partir de sal marinho.  Assim como já é usado atualmente na Estação de Tratamento de Água Tietê, o hipoclorito substitui o uso do gás cloro, mitigando possíveis riscos de operação. A construção pode gerar, em média, 200 empregos diretos e indiretos e a previsão é de que as obras da ETA 4 sejam concluídas em até dois anos.

 

Segurança hídrica

Com o início da sua operação, as unidades ETA I e II serão mantidas como backup,  caso seja necessário realizar alguma manutenção na nova unidade. “Estamos priorizando sempre a implantação de redundâncias nos sistemas de abastecimento da cidade. Ou seja, com a conclusão de todos os investimentos, a cidade terá um sistema muito mais robusto do ponto de vista operacional e consequentemente, terá menos risco de desabastecimento. Caso ocorram eventualidades, teremos um segundo sistema para atender, garantindo água nas torneiras de toda a população”, conclui.

 

Webinar

Ainda como parte do lançamento das obras da ETA 4, a GS Inima SAMAR realizará, no próximo dia 27 de agosto, das 19h00 às 20h30, a Webinar com o tema “Segurança do Abastecimento de Água em Araçatuba”. O evento, que é aberto e gratuito, será mediado pelo diretor de Relações Institucionais de Sustentabilidade da GS Inima Brasil, Roberto Muniz, e terá como palestrantes o diretor técnico da GS Inima SAMAR, Rondinaldo Lima, o diretor da Bacia do Baixo Tietê do DAEE, Lupércio Ziroldo, e o Comissário Geral da Agência Reguladora e Fiscalizadora DAEA, Márcio Saito. As inscrições podem ser feitas, gratuitamente, no site www.samaronline.com.br.

 

 

Conheça o projeto da E.T.A. 4

 

    Galeria de Fotos

  • GS Inima Samar inicia construção da nova Estação de Tratamento de Água que vai beneficiar mais de 100 mil habitantes