SAMAR registra janeiro com baixo índice de chuvas e aumento no consumo de água

O diretor técnico da SAMAR, Rondinaldo de Lima, concedeu entrevista para a equipe do SBT Interior sobre o mês de janeiro atípico em nossa cidade. O mês conhecido por registrar grandes volumes de chuvas, até o dia 28/01, registrou apenas 1,98 mm. No mesmo período do ano passado, os pluviógrafos da SAMAR registraram 276,24 mm de chuvas.

Enquanto em 2017 o número foi ainda maior: 421,29mm. Enquanto as chuvas diminuíram, a média de temperatura foi de 35,5º. A consequência dos fatores climáticos foi que a população consumiu mais água. A SAMAR registrou um aumento de quase 11% no consumo da água distribuída para a população. Isso equivale a 200.000 m³, ou 200 milhões de litros, o suficiente para abastecer mais de oito mil casas em um mês.

Por outro lado, as equipes de manutenção de esgoto tiveram diminuição, quase que pela metade, nos chamados emergenciais para desobstruções. Este ano foram 100 atendimentos de solicitações de desobstruções de rede e ramal. O número é menor em relação a dezembro de 2018, quando foram registrados 121 chamados. Em janeiro de 2018, foram registrados 280 atendimentos de desobstrução de esgoto, enquanto em dezembro de 2017 o número foi de 261 chamados.

 

Confira a reportagem produzida pelo SBT Interior, com participação do diretor técnico SAMAR, que trata do baixo índice de chuvas em janeiro e do aumento no consumo de água.

 

    Galeria de Fotos

  • SAMAR registra janeiro com baixo índice de chuvas  e aumento no consumo de água