SAMAR retira grande quantidade de lixo das redes coletoras no bairro São José

As equipes da SAMAR foram acionadas, pela terceira vez no mesmo mês, para realizar desobstrução no poço de visita localizado na rua Clibas de Almeida Prado, na entrada do bairro São José. 
Ao realizar o procedimento de limpeza do cano de esgoto, foram retiradas várias pedras e terra. Nas pedras estavam enroscados vários tipos de resíduos (chamado de bucha) que estavam impedindo o fluxo do esgoto, causando o extravasamento na rua. 
Essa foi a terceira desobstrução realizada no local num único mês pelo mesmo motivo: descarte irregular de lixos nos ralos e vasos sanitários. As equipes haviam realizado o mesmo procedimento de desobstrução e limpeza das redes nos dias 18 e 25 de janeiro, quando também foi refeita a compactação solo na tampa do poço de visita. 
O descarte irregular de lixos nas redes de esgoto ainda é a principal causa de entupimentos. Os lixos despejados nos ralos e vaso sanitários provocam sobrecarga nas redes coletoras que são dimensionadas para receberam líquidos, e apenas 0,01% de materiais sólidos. Os transtornos de vazamentos de esgoto podem ser evitados com uso consciente das redes coletoras. Os materiais sólidos, objetos ou qualquer tipo de lixo não podem ser jogados nos ralos de pias, banheiros ou vaso sanitário. O óleo de cozinha também não deve ser destinado para o esgoto. Esse se solidifica nas tubulações e acaba provocando graves entupimentos.

    Galeria de Fotos

  • SAMAR retira grande quantidade de lixo das redes coletoras no bairro São José