Samar - Soluções Ambientais de Araçatuba

Notícias

SAMAR inaugura a nova Estação Elevatória de Esgoto EEE Maria Isabel

Publicado em

Nesta quinta-feira (08/11), a SAMAR realizou a inauguração da nova Estação Elevatória de Esgoto Maria Isabel. O evento marcou a conclusão de uma das maiores obras de saneamento já realizadas em Araçatuba: a reversão da bacia de esgoto das lagoas de tratamento Maria Isabel, responsáveis pelo tratamento de 15% de todo o efluente coletado no município.

Agora, todo o esgoto coletado nessa região passa a ser direcionado para a Estação de Tratamento de esgoto ETE Baguaçu, no bairro Cafezópolis, que foi reformada e modernizada. A obra abre caminho para a instalação de novas indústrias nos parques industriais da zona norte, gerando empregos e aquecendo a economia local.

Participaram da solenidade o presidente do Grupo Gs Inima Brasil e também da SAMAR, Paulo Roberto de Oliveira; o diretor técnico da SAMAR, Rondinaldo de Lima; o prefeito de Araçatuba, Dilador Borges; a vice prefeita, Edna Flor; o presidente da Câmara dos Vereadores, Rivael Papinha; o comissário geral da ARDAEA, José Luiz Fares e o presidente da Comissão dos Empresários dos Distritos Industriais de Araçatuba, Oscar Saito Neto.

Com a conclusão da obra de reversão das bacias de esgoto, a SAMAR inicia o próximo ano com a obra de reversão do esgoto do bairro Rural Engenheiro Taveira. “Com essa obra vamos interligar o bairro à ETE Baguaçu. Com isso, a SAMAR estará garantindo a totalidade da coleta e tratamento de esgoto de Araçatuba, em 100%”, anunciou o presidente da SAMAR, Paulo Roberto de Oliveira.

Além das obras, a SAMAR também já intensificou as ações de monitoramento das redes coletoras com o objetivo de diminuir casos de obstruções de redes. “Estamos atuando fortemente nesse trabalho para identificar e substituir os trechos de emissários precários na cidade”, destacou o diretor técnico da SAMAR, Rondinaldo de Lima.

O prefeito de Araçatuba, Dilador Borges, informou que após da obra de reversão de bacias de esgoto, a cidade está preparada para receber novas industrias e empreendimentos. “Já estamos em negociação para a instalação de duas novas grandes empresas na cidade que deverão gerar centenas de novos postos de trabalho”, informou.

EEE Maria Isabel

A nova estação elevatória Maria Isabel foi construída numa área próxima às lagoas de tratamento, no Parque Industrial Maria Isabel de Almeida Prado. Ela vai bombear todo o esgoto coletado na bacia do córrego Tropeiros e encaminhar para a EEE Santa Izabel, que foi inaugurada em fevereiro deste ano, na primeira etapa das obras de reversão. A EEE Santa Izabel, por sua vez, recebe também o esgoto da bacia do córrego dos Espanhóis e encaminha os efluentes para a Estação de Tratamento de Esgoto ETE Baguaçu, que foi ampliada e modernizada para receber todo o esgoto de Araçatuba, com instalação de novos equipamentos e reformas dos tanques de tratamento, além de automação de todos os processos.

Ao mesmo tempo em que conclui as obras de reversão, a SAMAR também inicia os estudos para a recuperação das lagoas da ETE Maria Isabel, que serão totalmente desativadas.

Para realizar a reversão da bacia de esgoto a SAMAR investiu R$ 33 milhões. Além de duas novas elevatórias, também foram instalados 10 quilômetros de novos emissários. O custo da construção da elevatória de esgoto Maria Isabel foi de R$ 2,5 milhões. A população atendida na região é de 30 mil habitantes. Entre os benefícios gerados pela obra estão a garantia para o tratamento de esgoto e instalação de novas indústrias nos parques industriais da zona norte; aquecimento da economia, com tratamento adequado para a instalação de novas indústrias e geração de novos empregos diretos e indiretos, além da recuperação das antigas lagoas de tratamento e consequente melhoria do meio ambiente.

Na primeira fase da obra foi realizada a construção da Estação Elevatória de Esgoto (EEE) Santa Izabel, localizada na Estrada Municipal ART 080, quilômetro 27.  A nova estação foi inaugurada em fevereiro último e os investimentos somaram R$ 5 milhões. A unidade é responsável pelo bombeamento de esgoto de 44 bairros das zonas norte e oeste de Araçatuba, onde vivem cerca de 60 mil habitantes. Nesta área estão cinco parques industriais de Araçatuba: Maria Isabel de Almeida Prado, Alexandre Biagi, Parque Industrial 1 e parques industriais de grande e pequenos resíduos. Juntamente com a construção da nova elevatória, a SAMAR também instalou 10 quilômetros de novos emissários ligando a elevatória à ETE Baguaçu.

Obra da SAMAR incentiva o desenvolvimento econômico

Com a instalação dos novos emissários, que garantem o esgotamento e tratamento eficientes do esgoto, o cenário da região norte da cidade começou a mudar. No final de 2017 e início de 2018 foram lançados novos empreendimentos imobiliários e muitos outros ainda estão por vir naquela região.

De acordo com o Secretário de Planejamento Urbano e Habitação, Tadeu Consoni, já foram liberadas a implantação de aproximadamente 10 mil lotes imobiliários. “Esse emissário instalado pela SAMAR foi fundamental para esse crescimento. Seguindo os parâmetros do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) esses novos lotes devem representar uma população de 40 mil pessoas para os próximos anos naquela região”, destaca.